Como interpretar a Bíblia e conhecer a mensagem de Deus?

A Bíblia é a Palavra de Deus. Por meio dela, temos contato com a mensagem que o Senhor deseja passar para nós, seus servos. Porém, muitos irmãos em Cristo possuem muita dificuldade em como interpretar Bíblia e entender minimamente os desígnios de Deus. Mas agora você verá que é plenamente possível estudar, entender e viver a mensagem da Palavra de Deus. 

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

De forma resumida, para saber como interpretar a Bíblia de verdade, precisamos seguir estes passos:

  • Saber que tipo de literatura o texto bíblico faz parte
  • Conhecer o contexto da passagem analisada
  • Busca o sentido literal do texto
  • Buscar instrumentos auxiliares para a leitura bíblica

Diante disso, como ler e interpretar a Bíblia? Se você quer se aprofundar mais em sua relação com Deus, eu te convido a ler este texto. Vamos? 

Leia também:

Primeiro, precisamos saber qual é o tipo de literatura que o texto faz parte

Quando temos o contato com um texto bíblico, o primeiro elemento que temos que identificar é qual gênero literário o texto pertence. Os grandes predadores e estudiosos da Bíblia chamam isso de gênero do texto. Isso significa que a forma geral que a passagem bíblica assume. Pode ser uma: 

  • Narrativa
  • Profecia 
  • Poesia
  • História 
  • Evangelho 
  • Epístola

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

Os tipos de literatura apresentam sua mensagem em diferentes estilos e com diferentes estruturas. Desta forma, os textos narrativos não funcionam da mesma forma que as epístolas para transmitir sua mensagem ao leitor. Assim como os evangelhos têm uma mensagem diferente das epístolas… 

Isso indica que a variedade de formas literárias pode se tornar um estudo complexo, mas estou aqui para facilitar pra você. Os estudiosos da Bíblia vão além das formas básicas que mencionei acima. Eles criaram subtemas com diferenças que o leitor comum pode não notar.

Só pra te dar um exemplo…

Os evangelhos são divididos entre os sinóticos – Mateus, Marcos e Lucas – e o evangelho de João. A mensagem é passada de forma diferente. Em João, a ênfase é maior nos ensinamentos, enquanto nos sinóticos, a mensagem tem maior foco nos atos e sinais praticados por Jesus.

Ou seja, ao interpretar um texto do evangelho, antes, temos que perguntar: é um evangelho sinótico? Se sim, qual a mensagem revelada em qual ato ou prática de Jesus?

Essa distinção faz total diferença. Porém, não basta saber o tipo de texto, tem mais!

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

Qual o contexto da passagem bíblica que estou lendo?

Os estudiosos em hermenêutica bíblica consideram este ponto o mais importante para uma interpretação certeira da Bíblia. Desta forma, os teólogos usam o termo contexto para discutir vários aspectos da redação original do texto – histórico, social, político, religioso, literário.

Um dos grandes erros daqueles que simplesmente leem a Bíblia sem interpretar, é justamente tirar o texto do seu contexto original. E o pior: fazem conclusões e aplicações que o autor bíblico não tinha qualquer intenção de fazer. 

Por isso muitos pregadores falham em suas exposições das Escrituras. Muitos são rasos, pegando a Bíblia com interpretações pessoais, sem considerar o contexto da produção do texto. Não é assim que tem que ser. O escritor bíblico segue uma linha lógica de pensamento no que escreve. 

Portanto, o que foi escrito nos versículos ou capítulos anteriores e o que está exposto nos seguintes ajudará a tornar o texto em questão mais claro. Por isso, tirar o texto desse contexto corre o risco de interpretá-lo mal. 

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

Frequentemente, muitos elementos dos versos que estão antes ou depois do texto que você está lendo poderá mostrar o significado de seu texto. Também, a parte histórica e os costumes da época fazem total sentido nas afirmações dos autores bíblicos.

Se desconsiderarmos esses elementos… Caímos em análises ruins do conteúdo bíblico.

Ler e interpretar a Bíblia é difícil?

Um mito comum sobre a Bíblia é que seu verdadeiro significado está oculto. Assista abaixo essa verdadeira aula do pastor Augusto Nicodemus que te esclarecerá muito sobre interpretar a Palavra de Deus:

https://youtu.be/YyOgeCaj0Mo

Podemos dizer que estudar a Bíblia está ao alcance de todos nós, este é o princípio do Livre Exame que Martinho Lutero – ex-monge católico que dirigiu a Reforma Protestante – trouxe para todos os cristãos.

Embora a Bíblia use uma linguagem simbólica ou figurativa, a maior parte dela é clara para o leitor. Por isso, mesmo quando você não sabe sobre as pessoas, lugares e eventos em questão, você pode entender o texto.

“Ah, Gustavo, mas na Bíblia tem muita linguagem figurada!” Sim! O uso de linguagem figurada apenas realça o significado claro do texto: 

“Por que você reclama da lasca no olho do seu irmão quando tem uma viga no seu próprio olho?” Jesus disse (Mateus 7:3 NVI).

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

Mesmo que seja uma linguagem figurativa, não temos problemas para entender o que ele quis dizer. Seu uso de metáforas torna isso ainda mais claro. Deus fala com a gente por meio das Escrituras

Martinho Lutero dizia que a iluminação do Espírito Santo conduz o crente a interpretar as Escrituras. Sim, a leitura da Bíblia não é um mero ato intelectual. Estamos lidando com a Palavra de Deus… E Lutero não desprezou esse aspecto.  O reformador afirmava que o texto deveria ser lido de forma literal.

É isso que veremos no próximo tópico.

Ler a Bíblia em busca pelo sentido literal do texto

Como interpretar a Bíblia e conhecer a mensagem de Deus?

O que Lutero queria dizer é que precisamos considerar o contexto histórico da produção do texto bíblicoMas não é só isso: o entendimento da Escritura também passa por uma análise gramatical – sobre o sentido das palavras. 

Neste mesmo pensamento, João Calvino, outro reformador, completou as ideias de Lutero. Ele dizia que a “Escritura interpreta a Escritura”. Ou seja, aquele que lê a Bíblia precisa analisar o texto em comparação com outras passagens da própria Escritura.

É um exercício comparativo: lê a passagem, procura-se uma referência sobre ela em outro texto, analisa o contexto da época e ainda busca o sentido original dos principais termos pesquisados.

Palavras carregam pensamentos, atitudes e intenções. Podemos dizer que as palavras do texto são tudo que temos dos pensamentos do escritor. Em outras palavras, se ele não tivesse escrito, não saberíamos o que ele estava pensando.

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

Assim, podemos olhar atentamente para suas palavras, examinando cada uma cuidadosamente para ver o papel que desempenha em sua mensagem. 

Observe também como as palavras e frases se conectam entre si e como as frases são construídas. Se você puder estudar o texto no idioma original, poderá obter uma maior compreensão do significado. 

“Ah, irmão, mas é você quer demais! Sim, é muito difícil mesmo. Mas os grandes intérpretes da Bíblia estudam grego e hebraico para entender melhor o sentido original do texto.

Mas mesmo que você não consiga ler seus textos nesses idiomas, você ainda pode utilizar de métodos e ferramentas para te auxiliar.

Interpretar a Bíblia por meio de instrumentos que ajudam sua leitura

Existe uma forma de fazer essa leitura interpretativa de forma mais simples, sem passar pelo sufoco de ler todas as obras dos principais pregadores evangélicos e ainda ter que saber grego e hebraico.

Aprender um método que vai te ajudar a entender a Palavra e te ajudar a fazer isso de forma simples é o caminho menos trabalhoso. Por isso, é possível estudar por meio de livros como teologia sistemática, chave-bíblica e cursos que ajudam na interpretação dos textos bíblicos.

Também, usar diferentes versões da Bíblia pode ajudar na compreensão dos textos, principalmente aquelas Bíblias com comentários de estudiosos.

Independente do formato que você escolher para te ajudar como Interpretar a Bíblia, o mais importante é manter a constância e estudar a Palavra diariamente. Você está pronto para esse desafio?

>>Conheça o melhor curso de interpretação Bíblica da internet. Clique agora<<

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *